Paulo Candeias estreia-se a vencer

Press Realese by Antero Bessa on Maio 14, 2012

Campeonato Nacional Trial 4x4
Paulo Candeias estreia-se a vencer

Numa jornada recheada de muitos acontecimentos, uns mais inesperados do que outros, Paulo Candeias e Gerardo Sampaio, chegaram finalmente à vitória, depois de terem ameaçado nas duas jornadas anteriores. Desta feira, a equipa de Carrazeda de Ansiães, dominou da primeira à última volta e conseguiu um confortável triunfo perante uma agradável moldura humana que não temeu as inconstantes alterações atmosféricas que se abateu no espaço “Feira Aventura” anexo ao complexo desportivo do Feirense em Sanfins – Stª Maria da Feira, palco da terceira jornada do Campeonato Nacional de trial 4x4.
A excelente competitividade das equipas do CNTrial4x4 ficou bem patente em mais uma brilhante prova na promoção da modalidade com o standcandeias.com a estrear-se a vencer esta temporada, sendo a terceira equipa diferente a subir ao lugar mais alto do pódio em outras tantas provas já disputadas. Paulo Candeias e Gerardo Sampaio tomaram a dianteira da jornada da responsabilidade do “Soluções Clube TT” e dos “Trilhos do Nordeste Clube Todo Terreno” sob a égide da Federação Portuguesa de todo Terreno Turístico Trial e Navegação 4x4, logo à passagem da primeira volta, começando logo a cavar um fosso para os seus mais directos adversários, que se viria a ser determinante para o desfecho final. Com este precioso triunfo, o piloto Jeep Wrangler viu reduzida a diferença para o topo da classificação, depois de duas provas menos conseguidas, abrindo-se uma pequena frincha com vista a poder ainda ambicionar um lugar no pódio final do campeonato. Entre os principais candidatos ao título, e melhor posicionado antes da partida desta ronda, Luis Jorge e Nuno Passos (Hortícolas Team) saíram de Santa Maria da Feira na frente do campeonato, ao assegurar um esforçado segundo lugar, numa recuperação notável, depois de perderem mais de 4 voltas para o pelotão a recompor o cabo de guincho que se tinha encravado. O piloto do Suzuki beneficiou ainda das prestações menos conseguidas dos seus mais directos adversários na classificação do campeonato. Alexandre Lemos e e Luís Araújo do Team Serrão, foram forçados a abandonar ainda a prova ia no sei inicio, com o turbo da Toyota a ceder; enquanto, Vasco Andrade e Nuno Graça (Repsol TT), depois de vencer a ultima jornada em Alenquer e assumir a liderança do campeonato, não foram além do sexto lugar, passando por inúmeros contratempo ao longo de toda a prova – guincho, correias do alternador e, já perto do final o turbo da Toyota começou a perder pressão deitando por terra todas as possibilidades de se manter numa posição de acesso ao pódio que vinha ainda assim, conservando à entrada para a derradeira hora de prova. Uma jornada para esquecer para o piloto da Lourinhã que baixou para segundo no CNTrial4x4 a 4 pontos do líder que é agora o Hortícolas Team.

Com uma actuação muito regular e, talvez a melhor prestação de toda uma longa actividade de trial, Domingos Diniz – um dos pilotos mais antigos em actividades, bem servido pelo filho Michael, terminou num excelente terceiro lugar final. Apostando na regularidade e querendo afastar os azares das últimas duas jornadas em que foi forçado a abandonar, o piloto da Revi Clap não temeu as adversidades, realizando uma prova de trás para a frente, após partir dos últimos lugares da grelha, fixando-se num estável terceiro lugar à passagem da derradeira hora de prova, altura em que cumpriu praticamente o mesmo número de voltas que tinha conseguido nas duas primeiras horas. Uma agradável surpresa para quem tem vindo a acompanhar a modalidade. José Alexandre e David Brito justificaram nesta prova o porquê de idêntico resultado conseguido em Alenquer, fazendo um pouco melhor, ao recuperar um lugar. A quarta posição do Grupo JANF/Stand Kubota permitiu à formação do Nissan Patrol subir ao terceiro lugar do campeonato, mesmo sem possuir comunicação directa entre piloto e navegador, devido à falha dos intercomunicadores do capacete. O tempo perdido nas boxes para substituir os cubos de roda da Nissan Navara, primeiro nas voltas iniciais e posteriormente na parte final da prova, impossibilitaram a Jorge Silva e Miguel Rios ir além da quinta posição, na frente da Repsol TT. Desiderio Pinhal e Ricardo Barreira também não passaram ilesos a problemas mecânicos, sendo uma constante ver o Land Rover Defender da Churrasqueira Brasa Douro nas boxes para retirar a lama que se entranhava nos favos do radiador, para além de necessitarem de desempenar a barra de apanhar e muitas vezes serem cautelosos com o tubo da direcção que vertia óleo. Mesmo com tantas anomalias, a sétima posição premeia a persistência e coragem de lutar com armas muitas vezes inferiores aos seus adversários e superar as adversidades da prova, aproveitando da melhor forma os sucessivos abandonos dos da frente. Numa fase de adaptação à Nissan Navra, Pedro Costa e Filipe Alves tem vindo a passar nos sucessivos exames, beneficiando das melhorias introduzidas na viatura da Jipesecompanhia/Preparações Badinho, tendo nesta prova superado algumas mazelas mecânicas com o guincho e as correias do alternador na parte inicial. Ainda assim foram a tempo chegar ao sétimo lugar, consequência de um forcing, recuperando sucessivas posições, depois de terem rodado em lugares fora do “top ten”. No regresso ao CNTrial4x4, Pedro Alves e Mário Silva debateram-se com algumas contrariedades no Defender, surgidas em momentos cruciais da prova. Quando a dupla da MonsTTer.pt se preparava para recuperar dos lugares mais recuados da grelha, o plasma do guincho partiram-se, seguido de problemas com a embraiagem do Land Rover. A nona posição ainda esteve ameaçada, quando o cubo de roda acusou desgaste… permitindo ainda assegurar o triunfo no “Memorial Carlos Castro”. Depois de um excelente inicio, tendo-se colocado provisoriamente no derradeiro lugar do pódio por largas voltas, Vasco Silva e Henrique Filipe foram enguiçados por uma situação anómala, ficando com o Defender tombado no obstáculo das pedras, terminando com a barra da direcção e transmissão danificada. Depois de duas tentativas, a Roger Auto, alcançou um resultado positivo, mesmo acusando alguns problemas de transmissão na Toyota de Roger Puyal e Humberto Reis, terminando na frente da DiscoCampos. A dupla Paulo Campos/Ruben André apenas conseguiu completar duas voltas, vendo-se forçada a terminar mais cedo com o apoio do motor do Suzuki partido logo nos minutos iniciais.

Numa jornada marcada por inúmeros contrariedades para as mecânicas das viaturas, houveram equipas mais penalizadas que outras, ou, meramente ofuscadas com os objectivos de candidatura ao titulo a serem miragem. Para além do Team Serrão, também a Fevinor SA de Vítor Ribeiro e Vitorino Morais viram-se privados de terminar, devido À quebra da manga de eixo da Navara logo na volta inicial, o mesmo sucedendo com o Toyota do Terror do Mato 4x4.       
Depois de um prolongado interregno no período de férias de verão, o CNTrial4x4 está de regresso a 20 de Setembro com a quarta jornada a visitar o concelho de Tábua.

MonsTTer.pt recorda Memorial Carlos Castro
Passados dez anos do seu falecimento, o Director de prova de Santa Maria da Feira e presidente do clube Soluções TT – Mário Castro, não quis esquecer os feitos reconhecidos pelo malogrado Carlos Castro em prol do todo-o-terreno nacional. De entre a classificação final, a equipa estreante no campeonato e melhor classificada, levaria o troféu Memorial Carlos Castro. Desta feita, a MonsTTer.pt com a dupla Pedro Alves/Mário Silva, recebeu das mãos de José e Mário Castro duas salvas, beneficiando da nona posição da geral.

Taça Rock Crawler
A vez da FRacing.com

Na Taça Rock Crawler, Emanuel Costa (EC4x4) falhou o tri na jornada de Stª Maria da Feira, cedendo o triunfo à FRacing.com. A dupla Filipe Guimarães/Hugo Sampaio (Crawler JK) evidenciou-se em bom nível, vencendo a primeira e segunda PEC, aproveitando da melhor forma os problemas com o Crawler Chevry de Emanuel Costa e Filipe Campelos, precisamente nestas duas especiais. O líder da Taça viria a ser o mais rápido na segunda especial, permitindo obter igual posição no final do somatório das três especiais, mantendo assim a liderança na competição. Filipe Guimarães aproveitou a eficácia do seu JK para se importar, usufruindo do tempo perdido por Emanuel aquando para anular os problemas com o bloqueio durante a manhã e a substituição de um pneu na especial de resistência. Domingos Parente e João Pinto da Jipesecompanhia/Troqouro acabou por ocupar o terceiro lugar final, sendo forçado a abandonar a derradeira especial com os sticks do Rock Crawler partidos.

Classificação Final – CNTrial4x4
1º Standcandeias.com/Paulo Candeias/Gerardo Sampaio/Wrangler), 20
2º Hortícolas Team (Luís Jorge/Nuno Passos/Samurai), 17
3º Ravi-Clap (Domingos Diniz/Vítor Seabra/Patrol), 16
4º Grupo JANF/Stand Kubota (José Alexandre/David Brito/Patrol), 15
5º Paljet (Jorge Silva/Miguel Rios/Nissan), 13
6º Repsol (Vasco Andrade/Nuno Graça/Toyota), 12
7º Churrasqueira Brasa Douro (Desiderio Pinhal/Ricardo Barreira/Defender), 11
8º Jipesecompanhia/Badinho (Pedro Costa/Filipe Alves/Nissan), 10
9º MonsTTer.pt (Pedro Alves/Mário Silva/L.R.Defender), 10
10º Moveisvasco.com (Vasco Silva/Henrique Filipe/Freelander), 9
11º Roger Auto (Roger Puyal/Humberto Reis/Toyota), 5
12º Disco Campos (Paulo Campos/Ruben André/Suzuki), 2
13º Team Serrão (Alexandre/Luís Araujo/Toyota), DNF
14º Fevinor (Vítor Ribeiro/Vitorino Morais/Nissan), DNF
15º Terror do Mato 4x4 (Fernando Ferraz/Davide Melo/Toyota), DNF

Classificação Final – Taça Rock Crawler
1º FRacing4x4.com (Filipe Guimarães/Hugo Sampaio/JK), 1h16m24,2s
2º EC 4x4 (Emanuel Costa/Filipe Campelos/Chevy), 1h17m25,9s
3º Jipesecompanhia/Troqouro (Domingos Parente/João Pinto/Crawler), 1h30m47,4s

Classificação após 3 provas/CNTrial4x4
1º Hortícolas Team 110 Pts; 2º Repsol TT, 106; 3º Grupo JANF/Stand Kubota, 96; 4º Paljet, 94; 5º Standcandeias.com, 90; 6º Team Serrão, 88; 7º Moveisvasco.com, 74; 8º Jipesecompanhia/Badinho, 74; 9º Fevinor, 72; 10º Ravi-Clap, 72
Estão classificadas mais 9 equipas

Classificação após 3 provas/Taça Rock Crawler
1º EC 4x4, 58 pts
3º FRacing4x4.com, 55
2º Jipesecompanhia/Troqouro, 49

Calendário
Tábua - 23 de Setembro
Paredes - 28 de Outubro
Entrega de prémios - 2 de Dezembro

Gabinete de imprensa:
press@cntrial4x4.com / 92597922