Emoção e espetáculo em Santa Maria da Feira

Press Realese by Gabinete imprensa on Março 17, 2014

Campeonato Nacional de Trial 4x4 2014
Emoção e espetáculo em Santa Maria da Feira

Chegou o tão esperado dia: o arranque do Campeonato Nacional de Trial 4x4. O terreno ao lado do Campo de Futebol da Freguesia de Sanfins, em Santa Maria da Feira acolheu assim a primeira prova de 2014.


Uma etapa de verdadeiro trial, com uma pista natural, mas muito desafiadora para equipas e máquinas. Dentro do estilo que já caracteriza as organizações em Santa Maria da Feira, as equipas e os amantes da modalidade já sabem que devem esperar pistas com verdadeiros obstáculos de trial e um dia de muito trabalho para piloto, navegador, máquina e mecânico. Esta organização do “Clube TT Trilhos do Nordeste” com a colaboração do “Soluções TT” e Câmara Municipal de Santa Maria da Feira sob a égide da Federação Portuguesa de Todo-o-
Terreno Turístico, Trial e Navegação 4x4 não foi diferente...
A prova, que contou com milhares de espetadores, foi neutralizada à passagem das duas horas de prova (ficando assim encurtada), devido a um acidente que envolveu uma equipa participante e do qual resultaram 3 sinistrados que foram assistidos pelos Bombeiros de Santa Maria da Feira e Cruz Vermelha de Sanguedo que se encontravam no local.

Cidade de Bragança domina no CNTrial4x4 Absoluto Flávio Gomes e Pedro Nascimento estrearam-se no ano passado no CNTrial4x4 e depois de uma época de muitas avarias, começam 2014 da melhor forma. A dupla da cidade de Bragança até partiu na quinta posição (devido à classificação do prólogo), mas logo na primeira volta levaram o Jeep Wrangler para a frente da corrida e não deram mais espaço à concorrência. Durante a prova foram somando voltas e aumentando a distância para os restantes concorrentes. A TÁBÔ TEAM 4x4 deu 13 voltas à pista (mais 3 do que o segundo classificado), conquistando assim o primeiro lugar do pódio.
António Calçada, da equipa Nordhigiene, fez a prova toda sem travões o que condicionou a velocidade. Partiu em terceiro, mas à hora e meia de prova conseguiu ganhar espaço a Pedro Costa e passou para a segunda posição. Daí até ao final, mesmo com a falta de travões a limitar o andamento, foi uma questão de gerir e conquistar mais um lugar no pódio para a cidade de Bragança.
Pedro Costa, terceiro classificado de 2013, fez algumas alterações à Nissan Navara e por isso
começou esta nova época com precaução. A correr em casa, optou fazer uma prova controlada, principalmente para conhecer o carro. A Preparações Badinho 4x4 sai desta primeira prova satisfeita pelas alterações feitas ao carro e pelo terceiro lugar conquistado.


Rui Querido melhor no CNTrial4x4 XL Uma das maiores novidades de 2014 foi a criação da categoria XL, destinada a viaturas com pneus até 38 polegadas, mas que não têm de respeitar a carroçaria e para-choques a 90 graus e podem ter as rodas descobertas. O experiente Rui Querido (Euro4x4parts/Ladricolor) começou a ganhar durante a manhã, no prólogo, e à tarde também não deu hipótese à concorrência. Um problema na direção condicionou-lhe o andamento, mas foi suficiente para conquistar o primeiro lugar ao volante do Toyota. Cláudio Carapeta (LM4 – Team Tanqueluz) não teve qualquer paragem durante a prova, mas não conseguiu acompanhar o ritmo de Rui Querido. Levou a Nissan Proto ao segundo lugar do pódio, ao completar 9 voltas à pista (menos 3 do que o primeiro classificado). Para terceiro ficou Marco Polónio (Malpevent Team 4x4) que começou a prova de resistência com um problema com o plasma que era novo. Logo na primeira volta tentou subir uma picada e ao guinchar o cabo partiu. Depois o cabo prendeu dentro do tambor e teve de ser cortado. A troca demorou pouco mais de 30 minutos, fazendo com que, com uma hora de prova decorrida, levassem 4 voltas de desvantagem. Depois do problema técnico, começaram a conhecer o carro e a ganhar ritmo e recuperaram muito terreno, terminando na terceira posição.


Emanuel Costa conquista público Emanuel Costa chegou a Santa Maria da Feira com vontade de vencer. O Crawler da EC 4x4 partiu em primeiro e nunca cedeu um milímetro para a concorrência. Emanuel Costa e Gerardo Sampaio lideraram e encantaram do início ao fim, fazendo obstáculos complicados sem o recurso ao guincho, ultrapassando os obstáculos com muita perícia e arrancando os aplausos do público. Foram a equipa que deu mais voltas à pista de entre todas as categorias, 17 no total. Paulo Candeias (Stand Candeias) andou sem bloqueio durante quase toda a prova, mas foi uma desorientação logo num dos primeiros obstáculos que o fez perder terreno e cair para a última posição. Ainda assim, a meio da prova, recupera tanto terreno que passa para segundo, lugar em que termina o dia. Domingos Parente, bicampeão da extinta Taça Rock Cralwer, teve várias avarias durante a resistência, mas ainda assim conseguiu, acompanhado por João Pinto, levar a Team CarJaime/Troqouro ao pódio. O furo e avaria na direção, custou-lhe 20 minutos, mas não foi isso que o afastou dos dois primeiros lugares... Emanuel Costa e Paulo Candeias levavam uma larga vantagem e têm também carros mais bem preparados.


António Silva líder da Promoção e Joel Sousa melhor no Troféu Suzuki
António Silva (Canelas Pneus) partiu na liderança no classe de Promoção, mas rápido perdeu o lugar para Luís Soares Duarte. O piloto do Land Rover Defender sentiu as dificuldades da pista, mas conseguiu compreender e ultrapassar os obstáculos. Foi traído pelo circuito de alimentação do gasóleo, que ganhou ar, perdendo 2 minutos preciosos, caindo assim para a segunda posição. António Silva, sem problemas mecânicos durante toda a prova, aproveitou bem o atraso do concorrente, e agarrou com unhas e dentes o primeiro lugar, terminando com 55 segundos de vantagem. Bruno Silva (Team Bota Fumo) rompeu um tubo de direção do Nissan Patrol GR no prólogo e à tarde voltou a repetir o infortúnio. Isso e os problemas com a alavanca de velocidades fizeram-no perder 20 minutos e uma volta e, consequentemente, afastaram-no da luta pela liderança.


O Troféu Suzuki foi disputado a dois. Joel Sousa (J2 GYM Offroad Team), sem nenhum problema mecânico ganhou vantagem a Mário Campos (EXPERINÉDITA/ Offroad Race Team) que, partiu um apoio da caixa e esteve parado durante metade da prova.
No total, foram 26 as equipas que se deslocaram até Terras da Feira para o início do Campeonato Nacional de Trial x4 2014. O público também não quis faltar ao espetáculo e foram muitos os que assistiram à prova. A festa do trial continua a 13 de abril, em Torres Vedras.