Competição ao rubro em Torres Vedras

Press Realese by Gabinete imprensa on Abril 15, 2014

Campeonato Nacional de Trial 4x4 2014
Competição ao rubro em Torres Vedras

As expectativas eram enormes e foram largamente ultrapassadas: a estreia do Campeonato Nacional de Trial 4x4 em Torres Vedras foi um verdadeiro sucesso. Por um lado, o Clube Ecomotor esteve à altura do desafio e deu mais uma vez provas da sua experiência e mestria na capacidade organizativa de eventos de grande dimensão. O público deu também uma resposta muito positiva, com mais de sete mil espetadores a marcarem presença na pista, logo desde manhã bem cedo. E os grandes impulsionadores da realização de uma prova do CNT em Torres Vedras, as equipas da terra, apresentaram-se em grande número e muito bem preparadas. Com estes ingredientes, o resultado só podia ser este: um dia extremamente positivo para o trial português.
A autarquia de Torres Vedras também esteve do lado desta organização. Houve mesmo uma ação de caráter ambiental, com a plantação de pinheiros mansos no Ecoparque da Serra da Archeira. Esta iniciativa é já uma espécie de tradição do Clube Ecomotor.

Flávio Gomes volta a conquistar categoria Absoluto Depois de uma jornada desafiadora para equipas e máquinas, em Santa Maria da Feira, a região do Oeste também não trouxe facilidades às equipas inscritas nesta segunda jornada. Mas parece que Flávio Gomes aprecia as pistas duras. Em Torres Vedras voltou a não partir em primeiro, mas chegou à liderança a meio da resistência e não voltou a ceder terreno. Durante as três horas de resistência, a TáBô Team 4x4 teve dois furos, mas conseguiu levar o Jeep à box, sem perder muito tempo. Com duas vitória consecutivas, Flávio Gomes é o líder da classificação geral do CNTrial4x4 Absoluto. Pedro Costa ficou a uma volta do ouro. O piloto de Santa Maria da Feira até seguia em primeiro, mas um furo a meio da prova fê-lo perder 15 minutos e a liderança. A Preparações Badinho 4x4 chegou a cair para terceiro, mas ganhou terreno e terminou a resistência no segundo lugar. Desta vez António Calçada não teve nenhuma avaria mecânica, mas não teve ritmo suficiente para a experiência de Pedro Costa. Ainda assim, depois da prata na primeira prova, a NordHigiene continua no pódio.

Rui Querido bisa na XL Rui Querido começou e terminou em primeiro, mas durante as três horas de resistência sentiu a pressão forte do bicampeão nacional, Luís Jorge. Mesmo pressionado, não exagerou no andamento, optou por gerir o carro e evitou qualquer paragem. O experiente piloto de Torres Vedras soma duas vitórias em duas jornadas e é o líder isolado da classe XL. Francisco Gomes, membro da equipa técnica do bicampeão nacional, trocou as ferramentas pelo volante para correr em casa e conseguiu um surpreendente segundo lugar. Sem avarias, sofreu apenas com o aquecimento do Nissan Patrol, mas nada que o impedisse de terminar a apenas duas voltas do líder. Luís Jorge estreou-se nesta época de 2014 com um novo carro. O Proto XS5 ficou terminado 2 dias antes da prova e nem chegou a ser testado. A prova foi por isso recheada de peripécias. Partiram em último, mas com 30 minutos de prova, já estavam na frente da corrida. Foi nessa altura que começaram os problemas.
A Hortícolas Team partiu uma cruzeta de direção que obrigou a uma paragem de uma hora e tiveram ainda problemas com os botões do guincho, acabando a prova apenas com 10 metros de plasma. O pódio da categoria XL é assim composto por 3 equipas de Torres Vedras, com carros preparados pela XS5.

Paulo Candeias imparável Paulo Candeias partiu em segundo e desde cedo pressionou o líder. O piloto de Carrazeda de Ansiães aproveitou bem os problemas mecânicos do Crawler de Emanuel Costa e começou a somar voltas de avanço. Só parou para abastecer e com duas horas de prova já levava quatro voltas de avanço para o segundo classificado. Mesmo com larga vantagem, nunca abrandou nem cedeu espaço para a concorrência, e terminou a prova com umas impressionantes 26 voltas à pista. Com esta vitória em Torres Vedras, Paulo Candeias é agora líder da categoria Super Proto. Finalmente, Luís Correia terminou uma prova e ainda por cima sem nenhuma avaria. A AutoFreak Centro Optico Correia ficou a 6 voltas de Candeias e terminou na segunda posição. José Gaspar, da Team Sem Rastos, estreou-se no ano passado em Lousada e escolheu Torres Vedras para regressar à competição. Encontrou uma pista a seu gosto, com obstáculos técnicos, e que favoreceu o
seu Toyota CW. Ainda teve um pequeno problema com o compressor, mas que se resolveu, inclusive, em andamento.

Bruno Silva ganha a Classe 1 e Joel Sousa repete vitória no Troféu Suzuki Na Classe 1 a luta foi muito renhida. Bruno Silva, tal como em Santa Maria da Feira, voltou a sofrer com os problemas mecânicos. Mesmo antes de arrancar teve um furo no radiador. Durante a prova teve ainda problemas com os travões e com a embraiagem o que obrigaram a diminuir o andamento. Ainda assim a Team BotaFumo pressionou sempre o Defender de Rui Policarpo, que partiu na frente, e a meio da prova conseguiu passar para primeiro. Bruno Silva é neste momento o líder do CNTrial4x4 – Classe 1. Rui Policarpo não podia pedir uma estreia melhor no CNTrial4x4. Apesar de partir o veio da transmissão e perder 10 minutos e três voltas...ainda recuperou o suficiente para terminar na segunda posição. Filipe Pinheiro e o seu UMM Alter aguentaram até à última volta, altura que seguiam na vice-liderança, mas um furo custou-lhes cinco minutos e a queda para o último lugar do pódio.
O Troféu Suzuki foi uma luta entre Joel Sousa e Carlos Casimiro, Levou a melhor Joel Sousa, vencedor também da primeira jornada deste CNT. Joel Sousa fez a prova toda sem travões e ainda assim andou sempre na frente do concorrente. Por seu lado, Carlos Casimiro só teve problemas com a embraiagem na última volta e não voltou a arrancar. Mesmo assim teve uma “estreia muito positiva” no trial e promete regressar na prova de Alenquer.
No total, foram 35 as equipas que se deslocaram até Torres Vedras para a segunda prova do
Campeonato Nacional de Trial 4x4. A próxima prova acontece em Valongo, a 18 de maio.

Gabinete de imprensa:
press@cntrial4x4.com / 919 435 809

Classificações 2ª prova CNTrial4x4